ESCUTE A BÍBLIA ENQUANTO ESTIVER OLINE

PARE,ESPERE CARREGAR E LEIA ESTE FOLHETO E PENSE

domingo, 7 de outubro de 2012

COMER A CARNE(PALAVRA) E BEBER O SANGUE (CÁLICE DE SOFRIMENTO).





COMER E BEBER A PALAVRA DO EVANGELHO

(Mensagem Transcrita)
João 6:54 Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. a
Depois de haver multiplicado pães e de ter dado de comer a grandes multidões, e de eles terem vindo no dia seguinte, interessados apenas em comer mais pão, Jesus não desejava alimentar neles a idéia de que Deus daria pão aos homens sem ser através da dignidade do suor do nosso trabalho e do nosso rosto, desacostumando-os da idéia de que o reino de Deus e a presença do Espírito Santo na nossa vida significaria um permanente estado de contravenção, de modo que a gente não precisará mais trabalhar, porque os pães cairão na nossa cabeça, e destruindo também na mente deles a idéia fetichista de que seria extremamente interessante uma relação com Jesus que se traduzisse nesse tipo de facilitação material da vida, numa seqüência ininterrupta e industrializada de milagres, a qual os imbecilizaria para o resto de suas existências.

Ao contrário, Jesus estava desejoso de chamá-los para o que é, para o que tem sentido, para o que dura, para o que permanece, para o pão que não perece; pelo contrário, nos remete para a vida eterna, a qual é Ele mesmo, é a palavra dEle, é o ensino de Jesus, é a obediência ao que Jesus pavimentou como chão para nós. É, sobretudo, esse andar em amor constrangido diante de Deus, pela convicção que nos vem de que Ele nos amou primeiro, sendo nós ainda pecadores, e que produz em nós um constrangimento de graça, que é o único poder mediante o qual se pode, de fato, viver para Deus e agradá-lo, porque todas as outras iniciativas, sejam as amparadas no temor da Lei, na fobia da Lei, no legalismo, nas presunções morais, no virtuosismo, nas boas obras autônomas e arrogantes... Todas essas coisas não nos levam a lugar nenhum, a não ser a nos deixar falir em estado de presunção e de ignorância total acerca da nossa própria carência essencial de Deus.
Jesus, então, vem e diz a eles: “Vocês têm que trabalhar não pelo pão que perece, mas do que subsiste para a vida eterna, o qual é o meu Pai que vos dá. O pão sou Eu, vocês terão que comer a minha carne, terão que beber do meu sangue.” Comer a carne do verbo encarnado significa comer a palavra de Deus.
No princípio era o verbo, era a palavra... O verbo se fez carne, e o verbo que se fez carne disse: “quem quiser ter parte comigo, vai ter que comer da minha carne e do meu sangue”. E como havia algumas pessoas no ambiente que imaginaram que aquilo poderia significar um convite inaceitável para um banquete antropofágico, Jesus disse: “a carne, para nada aproveita, as palavras que Eu vos tenho dito são espírito e são vida.” E disse: “vinde e comei a minha carne e bebei o meu sangue, porque quem de mim se alimenta, por mim viverá”.
Aí o que é comer a carne e beber o sangue do Senhor senão comer Deus, comer Jesus, apanhar tudo o que diz respeito a Jesus, a palavra que Ele falou, os ensinos dEle, imitar o seu olhar de amor, os seus gestos de misericórdia, seu caminhar de justiça e verdade, sua liberdade de amar o Pai, sua total liberdade de acolher os homens, sua convicção absoluta de que a finalidade da existência humana é ser em Deus, assim como Ele, o filho, era no Pai, e o Pai era no filho, desejava, Ele, que nós fôssemos no Pai, a mesma coisa que Ele em Deus era, de modo que o grande chamado dEle era para que nós comêssemos dEle a tal ponto que passássemos a viver por Ele e a tal ponto que a vida dEle em nós absorvesse a nossa própria vida, e nós viéssemos a nos tornar um dia como Ele é.
Esse é o processo!
E começa na simplicidade de dizer: eu quero comer o Espírito da Verdade, eu quero comer a palavra da vida, eu quero comer tudo o que concerne a Jesus, a graça eterna da cruz, do Cordeiro que levou sobre si os meus pecados, a ressurreição que me justifica contra a morte e para a vida eterna, a palavra que me ensina a amar os inimigos, a palavra que me ensina que sim é sim e não é não e o que disso passar vem do maligno, a palavra que me ensina a não julgar para que eu não seja julgado, a palavra que me ensina que bem aventurados são os que não perdem a possibilidade de se condoer, de se emocionar.

Bem-aventurados são os que são ensináveis a vida inteira, porque são humildes de espírito.
Bem-aventurados são os que carregam no coração a vontade de exercitarem o poder da mansidão e não da violência que atropela, é a bem aventurança daqueles que julgam que o grande privilégio da vida é construir pontes entre os separados, é diminuir fossos e abismos, é aproximar irmãos e até inimigos.
Bem-aventurados são aqueles que andam em justiça e bem aventurados são também aqueles que mantém o coração e guardam-no limpo de maldade, de justiça, de maquinação, porque esses, tanto mais quanto tenham o coração purificado da malícia, tanto mais terão os olhos limpos para verem, dia a dia, a face de Deus. E se forem perseguidos por causa da injustiça travestida de justiça, ou se forem perseguidos por causa de darem razão ao Evangelho e de terem comigo o pão da vida, e de se alimentarem da palavra da vida, e de não quererem outra vida que não seja a vida de Jesus, bem-aventurados são, porque assim perseguiram também os profetas que viveram antes de vós.
Esse é o convite!
É desse pão que a gente deve comer, é desta palavra, a Bíblia, que vivifica a gente.
Agora, para que isso aconteça hoje, modernamente, nessa época em que a Bíblia anda abandonada, a Sociedade Bíblica vende milhões de Bíblias; contudo, os que as compram não as lêem. Ninguém lê mais a palavra....
Se você deseja comer desse pão e beber desse sangue, em vez de você complicar dizendo a Deus que lhe envie uma revelação, por que você não lê o que já está revelado? Coma, mastigue, role em cima da palavra, chore em cima da palavra, medite, deixe a palavra rodar como um software na sua mente, confira cada ação sua com a palavra, suas motivações, seus sentimentos, suas intenções... Aí a Palavra vai crescendo na sua vida, vai se encorpando e vai nos libertando.

O convite é para a mesa do Senhor. “Eu sou o pão da vida" – disse Jesus. “O verdadeiro pão quem vos deu não foi Moisés. Aquele pão, quem dele comeu, pereceu. O verdadeiro pão da vida quem vos dá é o meu Pai. Aquele que vem a mim, jamais terá fome, e quem crê em mim, jamais terá sede” - disse Jesus.

O convite é para comer da carne e beber do sangue. É para a comunhão visceral, é para um enxertamento radical da natureza de Deus, e que acontece quando a gente come a palavra da vida, porque é ela que tem o poder da semente regeneradora que re-genera, ou seja, gera de novo, produz uma geração de ser novo em nós, num processo contínuo pela palavra da vida.
E o processo pode se tornar acelerado, se você não se tornar apenas um ouvinte, mas alguém que ouve, lê e pratica. Aí a Palavra vai virando chão, segurança, estabilidade, paz, confiança, certeza, coragem de ser, ousadia para viver, e vai nos marcando todo dia com esse selo profundo de Deus, que é o único que pode nos marcar com o ardente desejo de morrer, acerca desse assunto, eu tenho falado há mais de 30 anos, de que a gente chegaria numa hora em que haveria um ardente desejo de morrer.
A palavra de Deus diz, no Apocalipse, que a gente só sobreviveria se trouxesse o selo de Deus nas nossas frontes, essa marca do Cordeiro na nossa mente, a presença do penhor do Espírito Santo.

Não dá mais para brincar; os vampiros estão soltos no ar.

Ou você anda cheio do Espírito Santo de Deus e da palavra da vida no coração, ou então você vai “dançar”. Não é hora para a gente brincar e nem dançar, dando bobeira na consciência. É hora de andar olhando para o coração, checando, porque nunca antes o inimigo, o diabo, nosso adversário, rondou como leão tão perto, procurando gente para tragar, comer vivo!

Portanto, coma o pão, beba o vinho, coma a palavra da vida e deixe ela entrar no seu coração.
Olhe para o Senhor, achando-o dentro de você, e diga: "Deus Pai, renova o selo do teu Espírito como confiança em mim e como compromisso no meu coração, porque eu quero ser transformado no dia da transformação final; eu quero ser arrebatado nesse instante, quando o corruptível será tragado pela incorruptibilidade; mas até que esse dia chegue, eu quero que todo dia haja um milagre de ressurreição e de crescimento da glória de Deus em mim, até a chegada daquele dia em que eu me tornarei semelhante a Ele, porque eu haverei de vê-Lo como Ele é". Nesse dia, eu terei me tornado absolutamente absorvido pela natureza divina, de tal modo, que nós vamos nos tornar miniaturas de Deus. Todos nós, filhinhos dEle, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo Jesus.

Mas até lá, a gente não precisa viver como escravo do diabo, apanhando, angustiado, oprimido, esbagaçado, infelicitado, escolhendo sempre o caminho da morte, chegando todo ralado.

A vida pode ser uma Boa Nova!

“Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância!” - disse Jesus.

Vamos orar:

Pai nosso que estás nos céus,
santificado seja o teu nome,
venha o teu reino,
faça-se a tua vontade,
assim na terra como no céu,
o pão nosso de cada dia dá-nos hoje,
perdoa-nos as nossas dívidas,
assim como nós temos perdoado aos nossos devedores
e não nos deixes cair em tentação,
mas livra-nos do mal.
Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre.
Amém.


Na noite em que o Senhor Jesus foi traído, Ele tomou o pão, o partiu, e deu aos seus discípulos, dizendo-lhes: “Isto é o meu corpo que será entregue por amor de vós, todas as vezes que comerdes deste pão, fazei isto em memória de mim".

E por semelhante modo, depois de haver ceado, Ele tomou também o cálice e o deu aos seus discípulos dizendo-lhes: “Este cálice é o cálice da nova aliança no meu sangue, o sangue que será entregue, derramado por amor de vós. Todas as vezes que beberdes deste cálice, fazei isto em memória de mim.”
Oração:

Senhor Jesus, aqui estão o pão e o vinho separados do uso comum, carregando a simbolização desse significado eterno, do pão da vida, da palavra da vida eterna, do sangue da aliança inquebrável, da certeza do Teu amor por nós, e nós comemos este pacto de amor, nós comemos esta refeição eterna, nós nos alimentamos deste memorial do que não perece, renovando, na nossa consciência, a gratidão pelo que já está feito e consumado. E ninguém anulará, ninguém desfará, porque a palavra eterna de Deus assim o confirmou: segundo a ordem de Melquisedeque foste feito Sumo Sacerdote supremo sobre todas as coisas, Senhor Jesus.

Derrama agora o teu Espírito sobre todos aqui, e dá que cada um tenha entendido, e que comam para o seu próprio bem. Queremos comer da tua misericórdia, da tua justiça, da tua verdade, do teu amor. Queremos nos alimentar da tua bondade e beber a alegria do perdão dos pecados. Beber o casamento que não tem divórcio de Deus com os homens. Beber cura para a alma ferida. Beber esperança contra todo espírito da morte. Beber do tesouro incorruptível do sangue do Cordeiro, sem defeito e sem mácula.

O sangue de Cristo nos comprou e nos regenerou para uma viva esperança. Louvado seja o sangue do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. A Ele, louvem, cantem, aplaudam todas as criaturas, todos os seres viventes. Todo ser que respira, louve ao Senhor com toda gratidão, antecipando a hora eterna que nos visitará e que já nos habita pela fé.

Espírito Santo, Tu, que nos habitas, cresce em nós, amplia a Tua habitação na nossa consciência. Derrama dons sobre nós, para o serviço. Tira de nós todos os espíritos que não procedem do Espírito de Deus. Todas as energias, Todas as animações doentes. Coloca em nós o ânimo do Espírito, para que a gente irradie o que é bom. Coloca na nossa boca a palavra da paz, da verdade e do amor. Ajuda-nos a caminharmos de maneira serena, firme e sadia. Guarda a nossa mente.

Proteja os nossos filhos e os nossos netos neste mundo tão estranho e coloca sobre eles o capacete da salvação, a couraça da justiça. Veste-os da intimidade com a verdade. Ajuda-os a manejar a palavra da vida, a defenderem-se com o escudo da fé e a caminharem intactos no dia mau.

Ajuda-nos a ser sal da Terra e luz do mundo em todos os cantinhos da cidade e deste país.

Que o teu Espírito levante o ânimo dos abatidos e cure os doentes. Que esta seja uma semana de muitos milagres, de muitas orações respondidas, de muita intrepidez para pedir, de muita coragem para andar, de muita disposição a obedecer e de muita gratidão para agradecer.

Em nome de Jesus, hoje e sempre,

Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"Todo aquele que ler estas postagens, se tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho do conhecimento e da caridade em direção àquele de quem está dito:Eu sou o Alfa e o Ômega."

POSTAGENS MAIS VISITADAS

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS
OU VOCE É SÓ UM FREQUENTADOR DE IGREJA?

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

NÃO PEQUES MAIS!

NÃO PEQUES MAIS!

VISTA AO NÚ

VISTA AO NÚ

VENDE TUDO E ME SEGUE...

VENDE TUDO E ME SEGUE...

A VEJA É MANIPULADA

A VEJA É MANIPULADA

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4