ESCUTE A BÍBLIA ENQUANTO ESTIVER OLINE

PARE,ESPERE CARREGAR E LEIA ESTE FOLHETO E PENSE

segunda-feira, 12 de março de 2012

APRENDENDO A INVESTIR NO REINO DE DEUS PARA EVITAR O DESPERDÍCIO

 Para fugir do consumismo é necessário: evitar o desperdício e o supérfluo, economizar, poupar e fugir das dívidas e, acima de tudo, investir no Reino de DEUS.

A Família e as Finanças
1 Timóteo 6: 6-10
Estamos vivendo uma época em que as pessoas são convidadas a consumir, a comprar. Propagandas bem elaboradas, programas de crédito facilitado, novidades nas vitrines, etc, são um verdadeiro apelo a gastar. O cartão de crédito virou o terror da família. A fonte de muitos problemas enfrentados pelas famílias está no mau uso do dinheiro e no abuso do crediário.
Este estudo tem o objetivo de mostrar os males do amor ao dinheiro, e os benefícios que ele pode proporcionar, se usado com sabedoria e moderação.
a- O AMOR AO DINHEIRO E SEUS MALES
Todos estamos cientes da importância do dinheiro para a sobrevivência da família. No entanto, o amor a ele é a raiz de todos os males, I Tm. 6: 10a. JESUS já falara do perigo do dinheiro tornar-se um deus na vida do homem, Mt. 6: 24. Ele quis dizer que a busca das riquezas poderia exigir uma dedicação tão grande, quanto DEUS exigia de seus servos. Seria, portanto, impossível servir aos dois, ao mesmo tempo.
Esse fato foi exemplificado por JESUS quando Ele encontrou-se com o jovem rico, Mt. 19:16-22. Não que a riqueza em si fosse de todo má, mas o coração pode estar tão preso por ela que isso se constitui num obstáculo para seguir a JESUS . Quando o dinheiro se torna um deus na vida do homem, tal pessoa é capaz de usar até meios ilícitos para obtê-lo ou usá-lo. Veja como agem alguns:
*** há pessoas que mentem e enganam com a finalidade de obter lucros e vantagens pessoais, Pv. 21: 06;
***outros exploram os semelhantes em benefício próprio, Jr. 22: 13; Tg. 5: 4;
***muitos praticam o suborno, Is. 1: 23; Am. 5: 12;
***isso além dos roubos, assassinatos, assaltos e tantos outros crimes que visam a subtrair bens ou dinheiro de pessoas ou instituições.
Essas práticas não resolvem o problema de ninguém porque o resultado desse lucro desonesto são as dificuldades no lar, Pv. 15: 27; o desapontamento, Ec. 5: 10; insensatez, Jr. 17: 11; miséria, Tg. 5: 3 e apostasia, I Tm. 6: 10.
2- O DINHEIRO PODE SER BÊNÇÃO
Talvez a palavra dinheiro e o verbo comprar sejam os mais usados nos lares. Entretanto, a má atitude de algum membro da família com relação ao dinheiro pode prejudicar a todos. Mas, se houver bom ensinamento e boa administração financeira, certamente o dinheiro será bênção.
***É necessário união e compreensão entre os membros da família. Se todos tiverem afeição e confiança entre si, se houver altruísmo, tolerância e respeito como base para seu relacionamento, a família conseguirá superar seus problemas financeiros. É preciso que todos saibam fazer a diferença entre aquilo que é necessário e o que é supérfluo, I Tm. 6: 8, cooperando-se mutuamente.
***Deve-se ter uma atitude equilibrada com relação ao dinheiro. Ele não deve ser encarado como um fim em si mesmo. É apenas um meio pelo qual se alcançam alguns valores da vida. Por outro lado, não podemos minimizar sua importância. É justo que se trabalhe, se esforce e que se poupe certa quantidade para momentos imprevisíveis e para outras necessidades da vida. Economizar visando a um futuro melhor para os filhos é um dever dos pais, e os filhos aprenderão a gastar construtivamente e a dar a devida importância ao dinheiro.
***Determinação de viver dentro dos rendimentos. Precauções devem ser tomadas para que as despesas do lar não ultrapassem ao que se ganha. Se há descontrole nas finanças, se os pais excedem nos gastos, é claro que no final do mês haverá dificuldades financeiras.
1 CRÔNICAS 29.12,14= E riquezas e glória vêm de diante de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e dar força a tudo. Porque quem sou eu, e quem é o meu povo, que tivéssemos poder para tão voluntariamente dar semelhantes coisas? Porque tudo vem de ti, e da tua mão to damos.

PARA OFERECER HOJE VOLUNTARIAMENTE AO SENHOR. O capítulo 29 exemplifica a atitude certa ao contribuirmos para a obra do reino de DEUS. Devemos ter:
(1) prazer no reino de DEUS e dedicação a ele (vv. 3,17);
(2) boa vontade para consagrar a DEUS a nossa pessoa e os nossos bens (vv. 5,6);
(3) alegria que brota do fato de termos contribuído de todo o coração (v. 9);
(4) reconhecimento de que aquilo que ganhamos honestamente, nos veio da parte de DEUS (v. 12);
(5) humildade e gratidão pelo privilégio de participarmos dos propósitos eternos de DEUS (vv. 13-15);
(6) motivos para a contribuição que procedam de um coração sincero e de uma vida reta (v. 17);
(7) oração para que DEUS continue a dirigir nosso coração à fidelidade inabalável a Ele e à sua causa na terra (v. 18; ver 2 Co 9).
1 TIMÓTEO 6.9,10= Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor do dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
ESTEJAMOS... CONTENTES. Os crentes devem estar satisfeitos, tendo as coisas essenciais desta vida, como alimento, vestuário e teto. Caso surjam necessidades financeiras específicas, devemos confiar na providência de DEUS (Sl 50.15), enquanto continuamos a trabalhar (2 Ts 3.7,8), a ajudar os necessitados (2 Co 8.2,3), e servir a DEUS com contribuições generosas (2 Co 8.3; 9.6,7). Não devemos querer ficar ricos (vv. 9-11).
 
RESUMO DA LIÇÃO 5
OS MALES DO CONSUMISMO
3º trimestre de 2008
Palavra Chave: Consumismo
Sistema que favorece o consumo exagerado.
I - OS MALES DO CONSUMISMO
1. O apelo consumista nos meios de comunicação.
2. O supérfluo em detrimento do essencial.
3. A Compulsão pelas compras.
I - COMÉRCIO E CONSUMO NO AMBIENTE CRISTÃO
1. O comércio no templo em Jerusalém (Jo 2.13-17; Mt 21.12,13).
2. Mercantilismo na Igreja.
3. Comércio ou serviço cristão?
III - PROVISÃO DIVINA DAS NECESSIDADES DIÁRIAS
1. Pedindo a DEUS a provisão necessária (Pv 30.7,8).
2. DEUS nos supre em todos os momentos (Fp 4.11-13,19).
IV - COMO FUGIR DO CONSUMISMO
1. Evite o desperdício e o supérfluo.
2. Economize, poupe e fuja das dívidas!
3. Invista no Reino de DEUS.
CONCLUSÃO
Pobreza não é maldição (Dt 15.11; Mc 14.7
Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente
sereis livres" (Jo 8.32,36).
REFLEXÃO
"Ter convicção de que DEUS nos ama e que Ele se importa conosco, fortalece e consolida a nossa fé, principalmente quando circunstâncias desagradáveis nos ameaçam e por fim nos atingem."
REFLEXÃO
"Semeie uma ação e colherá um hábito. Semeie um hábito e colherá um caráter. Semeie um caráter e colherá um destino para você, sua família, sua igreja, seu mundo." (R.K.Hughes)
QUESTIONÁRIO DA LIÇÃO 5 - OS MALES DO CONSUMISMO
RESPONDA CONFORME A REVISTA DO 3º trimestre de 2008, CPAD
TEXTO ÁUREO
1- Complete:
"Não me dês nem a _____________ nem a riqueza; mantém-me do _________________ da minha porção ___________________"
(Pv 30.8).
VERDADE PRÁTICA
2- Complete:
A aplicação do ___________________ do ESPÍRITO na vida cristã é o ________________ eficaz contra a _____________ do consumismo de nosso tempo.
I - OS MALES DO CONSUMISMO
3- Em que meios de comunicação, principalmente, o apelo consumista impele as pessoas a comprarem aquilo de que realmente não necessitam?
( ) A propaganda difundida nas igrejas com produtos de beleza.
( ) A propaganda difundida nos computadores e eletrônicos, principalmente.
( ) A propaganda difundida nas mídias eletrônicas (Rádio, TV, Internet), principalmente.
4- De que datas comemorativas os profissionais do marketing aproveitam-se para incitar as pessoas ao consumo?
( ) Datas tais como, dia da independência, dia de ação de graças, dia de finados, etc., .
( ) Datas tais como, descobrimento do Brasil, da bandeira, do fico, etc., .
( ) Datas tais como, Natal, Páscoa, Dia das mães, dos pais, dos namorados, das crianças, etc., .
5- Complete:
O consumismo ____________________ mais as coisas _________________ que as ____________________ (Pv 30.15; Mt 6.19-21).
"Crédito __________________________ é também dívida imediata!".
6- O que é essencial para o consumo? De exemplos:
( ) É aquilo que, sem o qual, a vida exaure: comida, roupa, moradia e, na medida certa, o lazer.
( ) É aquilo que, sem o qual, a vida fica monótona: comida, roupa, moradia e, na medida certa, o lazer.
( ) É aquilo que, sem o qual, a vida parece vida de pobre: comida, roupa, moradia e, na medida certa, o lazer.
7- O que é supérfluo? Dê exemplo:
( ) É tudo aquilo que é essencial à manutenção da vida. Produtos de extrema necessidade.
( ) Algumas iguarias que são essenciais à manutenção da vida humana. Produtos de consumo essenciais.
( ) É tudo aquilo que não é essencial à manutenção da vida. Produtos de griffe e tudo o que é um desperdício.
8- O que é oneomania?
( ) A vontade compulsiva de vender o que possui, que pode estar associada a um distúrbio psicológico (uma doença).
( ) A vontade compulsiva de comprar que pode estar associada a um distúrbio psicológico (uma doença).
( ) A vontade compulsiva de roubar o que os outros têm que pode estar associada a um distúrbio psicológico (uma doença).
9- A que está está associada a oneomania?
( ) A diversos fatores tais como: amizade, atração, prazer, retornos de humor e um desejo natural de possuir as coisas.
( ) A diversos fatores tais como: ansiedade, frustração, depressão, transtornos de humor e um desejo reprimido de possuir as coisas.
( ) A diversos fatores tais como: caridade, evangelização, oração e um desejo normal de possuir as coisas.
10- Por que há tantas pessoas endividadas?
( ) Especialmente, pelo preço abusivo das coisas e de juros abusivos.
( ) Especialmente, pela política de crédito ao consumidor e de proibição de cartões e cheques especiais.
( ) Especialmente, pelo mau uso do cartão de crédito e de cheques especiais.
II - COMÉRCIO E CONSUMO NO AMBIENTE CRISTÃO
11- Onde, em Jerusalém, os comerciantes vendiam animais para serem sacrificados, e os cambistas trocavam as moedas estrangeiras pela moeda do Templo, a fim de que os judeus pagassem o imposto sagrado (Mt 21.12)?
( ) No átrio dos gentios, nas dependências do Templo.
( ) No santo dos santos, nas dependências do Templo.
( ) No lugar santíssimo, nas dependências do Templo.
12- Quem controlava e de que maneira, o comércio no templo em Jerusalém?
( ) Os comerciantes e autoridades, pela família de Caifás (sumo sacerdote). Vendiam bem barato os animais e cobravam algumas taxas.
( ) Os sacerdotes e levitas, pela família de Anás (sumo sacerdote). Vendiam bem barato os animais e cobravam algumas taxas cambiais normais.
( ) Os sacerdotes e levitas, pela família de Anás (sumo sacerdote). Majoravam o preço dos animais e cobravam excessivas taxas cambiais.
13- O que vem a ser "Mercantilismo na Igreja" Complete:
É a prática de um "_____________________________" que não existe. Há cantores evangélicos, pregadores, ensinadores, "missionários" e vendedores itinerantes cuja vida particular desmente os padrões de ______________________ que eles fingem ser portadores no púlpito (Cl 2.23; 2 Tm 3.4,5). São artistas, exploradores do povo e das igrejas, que só vêem o promissor mercado evangélico à sua ______________________.
14- O que é a prática do comércio ou serviço cristão legítimo?
( ) A igreja precisa de Bíblias, livros, folhetos e outros aparatos, deve existir os que os vendem honestamente dentro dos templos.
( ) A igreja precisa de Bíblias, livros, folhetos e outros aparatos, deve existir os que os vendem honestamente, não dentro dos templos.
( ) A igreja precisa de Bíblias, livros, folhetos e outros aparatos, deve existir os que os vendem honestamente, em qualquer lugar.
III - PROVISÃO DIVINA DAS NECESSIDADES DIÁRIAS
15- Quais os dois pedidos que Agur fizera a DEUS? Coloque "V" para Verdadeiro e "F" para Falso:
( ) Primeiro, que Ele o resguardasse da mentira e da falsidade, porque desejava manter-se verdadeiro e íntegro.
( ) As únicas coisas que pediu foi sabedoria e riqueza.
( ) Segundo, que o Senhor lhe concedesse o suficiente para satisfazer suas necessidades diárias.
16- Paulo reforça o ensino de JESUS. Complete segundo sua carta aos Filipenses:
"aprendi a contentar-me com o que ___________________. Sei estar abatido e sei também ter _______________________" [...] "estou instruído tanto a ter ________________________ como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece".
17- Quando é que DEUS nos supre?
( ) Em alguns momentos.
( ) Em todos os momentos.
( ) Em diversos momentos.
IV - COMO FUGIR DO CONSUMISMO
18- Por que algumas vezes o orçamento acaba?
( ) Porque gastamos com sensatez, onde não se deve ou não se pode.
( ) Porque gastamos com honradez, e só o que podemos.
( ) Porque gastamos com insensatez, onde não se deve ou não se pode.
19- Como economizar, dê algumas dicas: Coloque "V" para Verdadeiro e "F" para Falso:
( ) Economize comprando no estabelecimento que é mais em conta (mais barato).
( ) Racionalize os gastos com água, luz, telefone, etc.
( ) Não se preocupe, pode confiar que DEUS dará um jeitinho.
( ) Use e abuse do cheque especial e do cartão de crédito.
( ) Abra uma conta-poupança e guarde um pouco de dinheiro, por menor que seja a quantia.
( ) Fuja das dívidas!
( ) Não peça emprestado.
( ) Seja fiador de muitos irmãos.
( ) Liberte-se do consumo irresponsável.
20- Complete segundo o investimento no Reino de DEUS:
O dinheiro não é um ______________________ em si mesmo (1 Tm 6.10), pelo contrário, pode e deve ser uma _______________________ para a obra do Senhor. Seja fiel nos dízimos e você verá a bênção de DEUS sobre sua vida _________________________ (Ml 3.10,11).
CONCLUSÃO
21- Complete:
Pobreza não é ____________________ (Dt 15.11; Mc 14.7), mas pode resultar de fatores diversos: guerra, catástrofes, vícios, alcoolismo, jogos de azar, má administração dos bens e dos recursos econômicos. Neste particular, a Palavra de DEUS adverte que o ________________________ e o comilão cairão em pobreza (Pv 23.20,21). JESUS quer libertá-lo das garras do consumismo. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis ______________________________" (Jo 8.32,36).
AUXÍLIO BIBLIOGRÁFICO
Subsídio Devocional
"É um Mundo Consumista
'E o que há de errado com isto?', você pode estar se perguntando. Talvez você pense que eu queira persuadi-lo a vender tudo o que tem e ir viver nas montanhas feito eremita. Fique tranqüilo, eu não pretendo fazer isto! Nem estou tentando fazê-lo sentir-se culpado por ter uma lista de 'coisas a comprar' guardada na gaveta da cômoda. Não. Não é nada disso.
O que estou tentando dizer é que o problema está em ser acometido pela síndrome do 'adquira-e-possua' de nossa cultura, em viver para ter e ter para viver, em ter uma casa cheia de 'coisas' - todas estas coisas raramente satisfazem [...] E quanto mais ficamos fascinados com as coisas novas que brilham à nossa volta, mas espaço, energia, tempo e dinheiro será necessário para manter o vício do consumo! [...]
Quero chamar sua atenção de perdedor financeiro para o simples fato: muitos de nós estamos nadando em dívidas e vivendo um caos conjugal como resultado de nada menos que uma necessidade descontrolada de possuir e acumular coisas. A verdade é que o caos em nosso casamento poderia ter fim se nós simplesmente parássemos de acumular e começássemos a estar satisfeitos com as coisas que já temos."
(BARNHILL, Julie Ann. Antes que as dívidas nos separem. Rio de Janeiro: CPAD, 2003, pp. 70-1.)
BIBLIOGRAFIA SUGERIDA: SOUZA, B. de. As chaves do sucesso financeiro. RJ: CPAD, 2001.
SAIBA MAIS
- Revista Ensinador Cristão, CPAD, no 35, p.38.
APLICAÇÃO PESSOAL
"Guiará os mansos retamente; e aos mansos ensinará o seu caminho" (Sl 25.9). Dois grandes atributos de DEUS são ressaltados nesse poema. No primeiro deles, o Senhor é um seguro Guia. Ele nos conduz por caminhos verdejantes (Sl 23.2); por águas tranqüilas (Sl 23.2); por caminhos certos (Sl 23.3); mesmo nos vales escarpados da dor não abandona os seus filhos, mas protege e dirige-os (Sl 23.4). Ele está com você, professor, em qualquer circunstância. No segundo atributo, Ele é o Mestre, que ensina a sua vontade. Os que temem ao Senhor aprendem com Ele o caminho que devem seguir (Sl 25.12). Essas duas qualidades são indissociáveis, uma vez que o mestre é um guia. Permita que o Senhor seja o seu Mestre e Guia eternamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"Todo aquele que ler estas postagens, se tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho do conhecimento e da caridade em direção àquele de quem está dito:Eu sou o Alfa e o Ômega."

POSTAGENS MAIS VISITADAS

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS
OU VOCE É SÓ UM FREQUENTADOR DE IGREJA?

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

NÃO PEQUES MAIS!

NÃO PEQUES MAIS!

VISTA AO NÚ

VISTA AO NÚ

VENDE TUDO E ME SEGUE...

VENDE TUDO E ME SEGUE...

A VEJA É MANIPULADA

A VEJA É MANIPULADA

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4