ESCUTE A BÍBLIA ENQUANTO ESTIVER OLINE

PARE,ESPERE CARREGAR E LEIA ESTE FOLHETO E PENSE

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

PORQUE OS CRENTES USAM SOCIAL?

TRAJES MASCULINOS: USO DE ROUPA SOCIAL, PORQUE PASTOR TEM QUE USAR TERNO, PORQUE CRENTE USA SOCIAL


CLIQUE AQUI PARA BAIXAR ESTA POSTAGEM EM FORMATO PDF
TRAJES MASCULINOS: USO DE ROUPA SOCIAL

por Anderson

E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; Mateus 6:28

O terno e a roupa social em si mesmos não são nem bons e nem maus, não são santos e nem profanos, de verdade de acordo com Jesus o importante é "o amor com que nos amemos uns aos outros". O amor sempre foi e sempre será a marca daqueles que amam a Jesus, os seus discípulos. Roupa santa é o Espírito Santo de Deus. Muitos irmãos chegam ao culto com camisas sem um amassado, ternos limpos e gravatas ajeitadas, sapatos engraxados, mas será que estão revestidos de poder espiritual para vencer as trevas?

Vamos se lembrar por um momento de João Batista no deserto, se for válida a opinião de alguns que para ser crente convertido eu tenho que usar roupa social, ou que para pregar preciso estar de social é bem verdade que João Batista jamais teria oportunidade de trazer uma palavra aos irmãos em alguns locais de culto. Veja que ele vestia pelo de camelo, uma veste bem rústica e o próprio Senhor perguntou ao povo certa vez "o que vocês foram ver no deserto? Um homem que estava muito bem vestido? É nos palácios dos reis que ficam os que estão bem trajados!" [Mateus 11 a partir do vs. 7]. João era um profeta, era um anjo, um mensageiro!

João não tinha preocupação com sua roupa mas sim com a mensagem! Ele não tinha nenhum tipo de vaidade com roupas pois as roupas não lhe estavam no coração mas sim a Palavra do Senhor! Deus tirou de seu coração qualquer preocupação destas para ele se dedicar exclusivamente a Palavra!

Deus nos concedesse que todos nós fossemos assim nos dias de hoje!

No entanto o que fez João Batista ser o leão de avivamento, poderoso pregador e profeta que foi? Não foi vestir-se de pelo de camelo e comer gafanhotos e mel do campo. Nem todo que sair gritando raça de víboras é João Batista! Nem todo que vestir pelo de camelo é João Batista! O que fez ele pregar como pregou foi o Espírito Santo de Deus, este sim lhe deu poder e autoridade para batizar e pregar arrependimento a nação e porque não dizer a nós!
A diferença na vida de João Batista foi interior não exterior!

A esta hora alguns que estão lendo este texto devem estar formulando muitos pensamentos em seus corações "tá vendo, Deus olha para o coração, é religiosidade se preocupar com a aparência, é coisa de fariseu hipócrita usar terno para ir a igreja". Mas caso você pense assim é porque não compreendeu a mensagem e ainda julga as coisas segundo a aparência e não segundo a reta justiça.

Cristo alertou: TIRA PRIMEIRO A TRAVE DO TEU OLHO PARA PODER ENXERGAR BEM E AJUDAR TEU IRMÃO COM O CISCO NO OLHO DELE!

Eu já fui de uma denominação que ridicularizava crentes de terno, de social, irmãs de saia, os pastores desta denominação eram cruéis no seu juízo, quando viam um crente de terno, ou uma igreja de como eles costumavam chamar "uso e costumes", logo derramavam a amargura dos seus corações chamando-os todos de religiosos, hipócritas, eu vi pastores zombando de lindos hinos da harpa cristã pois como eles diziam eram "velhos", fora da moda gospel, preferiam tocar um rock dançante para gritar para os irmãos "tira o pé do chão" e fazer trenzinho pela igreja com os jovens. Mas nada de pregar a Palavra!

Graças a Deus eu fui livrado desta loucura! Eles pegavam passagens como as que Davi dançou perante o Senhor para dizer que o que estavam fazendo era a mesma coisa, quando na realidade apenas estavam dando era vasão e liberdade a vontade da carne, pois muitas das moças que dançavam na igreja também dançavam no mundo, em festas de rodeios, outras treinavam seus passos ao som de um funk carioca ou um black music americano.

Eu fui criado com este preconceito absurdo de que todo crente de terno era um fariseu, e toda irmã de saia era hipócrita, e portanto sentíamos como se a nossa igreja fosse a mais certa, pois nós não julgávamos segundo a aparência de ninguém, e lá não havia os tais usos e costumes que para eles eram um absurdo. Mas haviam outros usos e costumes, contar piada no púlpito, falar mal dos outros, comer excessivamente (gula!), malícia e gestos obscenos, assistir qualquer porcaria na televisão, os jovens ficavam, as mulheres andavam nuas como as do mundo, amor ao dinheiro era incentivado, mas enfim, mesmo assim éramos ensinados que éramos mais santos que os que usavam terno.

Graças a Deus, por grande misericórdia o Senhor me ajudou a entender este assunto e me salvou destes enganos. Eu sei que muitas igrejas aboliram o uso do terno nos seus membros por uma questão comercial, marketing religioso, nesta busca louca por fiéis há os que liberaram uma série de coisas, no entanto esta postagem é para falar sobre o uso de roupa social pelo homem.

O uso e costume de vestuário masculino em algumas igreja do passado eram terno, roupa social para os homens, camisa social, não usavam camisetas, nem bermudas, não estou aqui para julgá-los. Ainda hoje existem igrejas que servem ao Senhor deste modo. O uso e costume de vestuário masculino em algumas denominações hoje em dia são calça jeans e camiseta para os homens, uma camiseta polo, tênis, não estou aqui para julgá-los. Os pastores em geral e obreiros, diáconos, na maioria das vezes usam terno, mesmo nas igrejas em que os membros não usam.

Vemos portanto que os usos e costumes existem, seja terno, seja camiseta, é um tipo de uso e costume daquele povo.

Como o Senhor fez para me ensinar qual roupa eu deveria usar?

Devo confessar que nunca fui muito arrumado com roupa, nunca gostei de roupa cara, nem da moda, gosto de roupas confortáveis, calça de praticar ginástica, tenis de futsal ou de corrida, camisetas, e preferência dum tecido que não precise passar! Nunca fui fã de roupa social, mas quando chegou a época do Senhor me ensinar um pouco sobre a forma como eu deveria me vestir para glorificá-lo Ele precisou quebrar do meu coração o preconceito que eu tinha aprendido errado com a igreja que frequentava. Eu tinha no meu coração uma coisa, e ainda tenho graças a Deus, quero agradar a Deus, não me interessa se para isso vou sofrer ou não, eu tinha meu coração aberto para a idéia de que se Deus quisesse eu vestiria, mesmo num pais tropical, um pelo de urso como os Eskimós no pólo norte, para isso eu apenas precisaria saber de Deus que esta era a Sua vontade.

Minha mente estava aberta para ouvir Deus falar, muitos diriam a mim que eu deveria ir as Escrituras buscar respaldo bíblico e não deveria falar com relação as minhas experiências, mas eu fui a bíblia e vi que não havia lá um mandamento dizendo "usarás somente roupa social e camisa social e não usarás jamais camiseta e bermudas e tênis, assim diz o Senhor". Eu li sobre pudor, modéstia, simplicidade, santidade mas nunca achei nada específico me proibindo ou me autorizando a usar camiseta por exemplo ao invés de camisa, ou uma jaqueta de couro ao invés de um terno ou vice-versa.

Deus então me levou a passar por diversas situações em que me fez observar vários detalhes conforme a sua Palavra.

Uma das primeiras coisas que o Senhor fez foi me apresentar irmãos de igrejas que tinham os tais usos e costumes, pois eu sempre ouvi dizer que eles eram monstros, mas nunca tinha conversado com um. Na época por causa da minha fome por Deus, e por querer ouvir a Palavra e não ficar no trenzinho dentro da igreja para depois sair lá fora e viver uma vida vazia, eu encontrei muita dificuldade em achar ali na igreja do pula pula alguém para conversar sobre Jesus. Os jovens só falavam sobre fazer cursos, festas, alegrias, programas de televisão, cinema, cultura, enfim, nada eram diferentes das minhas amizades do mundo. Falavam de Jesus um pouquinho e depois já voltavam para a lama deste mundo. Então eu fui aos mais velhos, me acheguei aos pastores e líderes para ver se eles conversavam sobre Cristo, mas todos estavam com suas vidas tão quebradas que na maioria das vezes eu ficava pregando para eles e eles nunca conversavam muito sobre Jesus. Houve excessões, mas de forma geral eu queria conversar com pessoas sobre Jesus e pessoas que estivessem falando com Ele e na presença dele. Para minha surpresa, os irmãos que conheci das tais igrejas de usos e costumes, todas elas não tinham nome de denominação, eles falavam de Jesus! Glórias a Deus! Os irmãos realizaram um sonho meu, me senti em casa, todos falavam da Palavra, contavam sonhos, testemunhos, coisas que o Senhor estava fazendo em suas vidas e eu pude ver o Espírito de Deus na vida de muitos ali nestas igrejas que conheci, igrejas de usos e costumes!

Isso já quebrou o meu preconceito, pois eu percebi que quem era preconceituoso na realidade era eu, eu estava julgando as pessoas pela sua aparência, eu pensava que eles não me receberiam por eu estar de jeans e camiseta, mas me receberam com muita alegria, como se eu fosse o próprio Senhor Jesus! Eu pude ver o Espírito de Deus na vida deles e conversei com eles da palavra e falamos a mesma língua e eu me senti melhor na igreja dos usos e costumes do que na outra que não era! Sei que muitos irmãos de terno e social, muitos mesmo, julgam mal os que não usam e vice-versa, mas nem todos são assim e era isso que o Senhor estava me mostrando!

Mas ainda me faltava uma coisa: Devo ou não passar a usar roupa social? Eu me lembro certa vez de ouvir um homem de nome Marcos Pereira, que visita detentos e favelas do Rio de Janeiro, ele pregava uma mensagem e eu era novo convertido, queria muito ser cheio com o Espírito Santo de Deus e o ouvi dizer que para ser cheio do Espírito Santo eu deveria tirar minha camiseta e vestir uma camisa social e andar como um homem. Ele só esqueceu de falar sobre arrependimento e fé dados de graça por Jesus na cruz. Eu na minha simplicidade fui para casa e ao entrar no meu quarto para orar vesti uma das minhas poucas roupas sociais que tinha. Vesti e fui para o joelho para orar, mas naquele dia diferente dos outros eu não senti a presença de Deus, e logo o Senhor veio até mim e me perguntou "quem foi que te mandou vestir esta roupa?" Eu me envergonhei muito e tirei a social sabendo que não era Deus quem tinha me mandado fazer aquilo.

Mesmo assim eu esperava de Deus saber como deveria vestir-se para lhe agradar. Eu iria ter de mudar todo o meu guarda-roupa? Não demorou muito tempo e após conhecer estes irmãos das igrejas de usos e costumes um dia eu estava orando e então o Senhor me fez sentir um calor bem forte nos braços, era como se uma manga de camisa estivesse sendo desenrolada sobre mim e então senti um calor no pescoço, era como se uma gola de camisa estivesse sendo colocada em mim! Uau! Eu fiquei maravilhado, eu estava de camiseta mas sentia-me como se estivesse de camisa social de manga longa! Logo eu entendi, o Senhor quer que eu use camisa social de manga longa!

Foi assim que fiz, comprei algumas camisas sociais, de manga longa, dá um trabalho para lavar e passar! Comprei calças sociais, tudo em promoção, sapato eu já tinha e comecei a andar de social. Todos acharam muito estranho, eu com aquelas roupas, mas notei algumas coisas. As pessoas do mundo passaram a me tratar melhor, ganhei ducha de graça no carro no posto, todos me davam melhores sorrisos, me tratavam com mais educação do que quando eu estava maltrapilho, mesmo as mulheres se assanhavam mais e foi uma das épocas em que eu ganhei mais elogios do sexo oposto, e algumas vezes até mesmo do mesmo sexo! Aquilo sinceramente me incomodava, ver as pessoas me tratando melhor só por causa de uma roupa! E quanto as mulheres eu pensava que bom seria se elas casassem com meu guarda-roupa, pois era nisso que estavam de olho! Mesmo assim eu sabia que era o Senhor quem tinha dito para eu andar de social e por isso, mesmo no calor tropical do Brasil eu estava de camisa social manga longa, com uma camiseta por baixo, e muito feliz! Até tomei certo gosto pela roupa social, mas me incomodava muito ser tratado melhor só por causa da roupa!

Passado algum tempo de experiência o Senhor me tirou do coração a vontade de usar camisa social quando em um dia quando eu voltava do serviço Ele me perguntou: "Anderson, o quanto usar roupa social te fez amar mais a Jesus Cristo e ao teu irmão?" Minha resposta foi muito simples "NADA". A roupa social não me fez amar mais e nem menos a Deus e nem ao meu irmão! Não acrescentou um pingo de amor ao meu copo que ainda tem muito por encher! A nossa conclusão, minha e de Deus foi a mesma, a roupa social era inútil, tanto quanto qualquer outra roupa, aquilo é apenas uma roupa, não é a minha salvação!

E foi isso que eu ouvi, quando descia e ao invés de ir para casa fui ouvir uma pregação dum pregador de rua, destes que pregam nas praças, ao contrário de todos os outros que estavam ali sempre, neste dia estava um homem de uns 35 anos que eu nunca tinha visto pregando, e ele estava de tênis, camiseta e calça esporte como eu gosto de andar. Havia várias pessoas ali escutando e eu estava sem bíblia na mão, sem nada, quando parei ali para ouvir ele apenas olhou para mim e disse "não pense que tua roupa é tua salvação!" E expôs ali na frente de todos diversos outros pecados meus, como insensibilidade e dureza de coração, e eu louvei a Deus pois meu coração queimava enquanto ouvia este homem me repreender pois eu sabia que estava na frente de um profeta! É verdade que quando acabou o culto na praça naquele dia eu estava atordoado por causa da mensagem que tinha ouvido, eu mal sabia voltar para casa, a impressão que tive foi de ter tomado um chute bem dado na cabeça, como quando na época que eu lutava tomávamos um golpe forte e ficávamos atordoados, meio tontos, sem saber o que fazer, ou onde estávamos direito! Mas eu louvei a Deus porque encontrei um profeta! Deus me ama e me mandou uma palavra para me corrigir! E que palavra, um homem que enfiou a espada inteira em meu coração até o cabo! Ele não era um homem muito jeitoso com as palavras, era um João Batista gritando “Raças de víboras arrependei-vos!” sem se importar muito se eu iria ouvir ou não, se iria me magoar, ele se importou em falar o que Deus lhe mandou e isso me salvou! Fui para casa e lavei o chão da sala com lágrimas de arrependimento e convicção de pecado e fui tremendamente consolado por Cristo! Jesus me abraçou com seu calor e me confirmou seu amor!

Este profeta colocado ali por Deus não era um homem ricamente vestido, mas estava cheio do Espírito de Deus!

Pois, quem te faz sobressair? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido? 1 Corintios 4:7

Qual pois é a diferença entre a Igreja e o mundo? A Igreja tem o Espírito Santo!

Sendo assim eu oro por todos, não julgo os que usam social, nem os que não usam. Não é correto dizer que Deus não liga para as roupas que vestimos, isso é mentira, Ele liga sim! Paulo e Pedro escreveram sobre a forma como a mulher deve vestir-se, e isso podemos aplicar aos homens também, não devemos nos vestir ou comportar de forma a causar sensualidade em quem quer que seja. Sendo assim o Senhor me disse que não usasse camisetas apertadas pois isso era um prato para mulheres adulteras e me mostrou que eu poderia continuar usando calças jeans, camisetas, desde que sem símbolos satânicos, calças de esporte, e não precisaria usar roupa social, e não deveria julgar quem o faz pois a árvore será conhecida pelo seu fruto, o crente é conhecido por amar, por perdoar, por obedecer a Deus e não pelo fato de usar ou não roupa social. Eu louvo a Deus pois o tempo que levaria para ficar lavando e passando e ajeitando roupas sociais daria para ler Isaías e Salmos inteiros umas 3 vezes na semana! Quem dera eu assim o fizesse!

Que o nosso coração esteja revestido com o Espírito Santo de Deus pois assim Ele nos ensinará como devemos andar. Que o Senhor liberte os que confiam em suas roupas! Seja o terno, seja o pelo de camelo, seja a calça de moleton, a roupa não deve ser motivo de vaidade, preocupação, moda, ou querer mostrar alguma aparência exterior, mas sim deve ser usada para glória de Deus. O Senhor se agrada de um coração contrito e quebrantado por isso não precisamos vestir a melhor roupa para ir num culto enquanto nosso coração esta podre por dentro, não é isso a vontade de Deus, deveríamos aliás, nos dias de hoje vestir panos de saco e cinza. Tem muito o que ser dito sobre este assunto, mas creio que deu um clareada para alguns irmãos, e eu nem escrevi sobre roupas nas mulheres, mas creio em Deus haverá oportunidade. Não sejamos da turma do não tem nada a ver, nem da turma do “só pode social que social é roupa santa”. Para o governo de alguns, pesquisem em suas bíblia e verão, o Senhor Jesus descrito por João no Apocalipse não estava de terno mas sim de túnica! Topa usar uma túnica? Não é a túnica, mas sim o Espírito de Deus! Alguns irmãos poderiam vender seus ternos, dar o dinheiro aos pobres, comprarem umas roupas mais simples e ir evangelizar as favelas do Brasil! Pois nem todos tem acesso a ternos e roupas sociais que algumas vezes são mais caras e o inimigo usa isso para colocar vergonha em alguns em ir a um culto por não se sentirem trajados de forma adequada. Tem certos cultos que a impressão que dá é que você está numa festa da alta sociedade e isso intimida as pessoas.

Ficam algumas perguntas para você responder:

Você se preocupa se Deus gosta das suas roupas? Você tem se vestido para a glória de Deus? Tua roupa provoca sensualidade, lascívia, luxuria? Você tem vaidade com sua roupa, é preocupado em andar na moda? Que nossas roupas não estejam em nossos corações mas sim o Espírito Santo de Deus! Deus abençoe os irmãos que usam social e foram cheios com o Espírito Santo de Deus, e Deus abençoe os que não usam, mas que o Senhor também os encheu e os recebeu como seus!

Eu quando novo convertido tinha um cabelo black-power muito grande, andava todo rasgado, e o rapaz que me evangelizou estava de boné, camiseta sem manga, bermuda e tenis sem meia! Eu fui cheio e tocado por Deus mesmo sendo cabeludo! Eu subiria com Jesus daquele jeito se Ele voltasse naquela hora! Mas certa vez fui visitar uma irmã, eu ainda cabeludo, e rasgado, e ela me olhou, sorriu para mim, e eu disse que era cristão também, e eu feliz da vida com Jesus. Passou um tempo, e eu havia cortado o cabelo, pois me incomodava demais e também chamava muita atenção onde eu passava, entendi que era melhor cortar, e então voltei a casa da mesma irmã, que Deus a abençoe pois penso que ainda esta viva. Ela quase não me reconheceu, pois o cabelo tapava meu rosto, ela disse “que bom que você cortou o cabelo, agora você está mais firmado em Jesus, na época você ainda não estava muito firme né.” Mas o Senhor me falou “era mais fácil você subir com aquele cabelo Anderson do que ela com esta língua!”.

Fica o recado de Deus, vamos olhar para os frutos, o amor pelo próximo, o amor por Deus, a busca por Jesus, a mansidão, a bondade, e esquecer das aparências exteriores.

Para finalizar gostaria de deixar também um testemunho, há quem diga que o anjo do Senhor que se acampa ao nosso redor se incomoda de nos ver nus. Portanto devemos dormir de roupas, e só podemos orar de roupa. Eu claro, fui fazer o teste quando ouvi isso e saido do banho, ajoelhei-me em meu quarto para orar sem roupa pedindo a Deus que falasse comigo se era certo ou errado. O Senhor encheu-me com seu Santo Espírito e abriu minha boca e então eu orei a Deus “meus ossos não te foram encobertos quando no oculto me formaste, a luz e as trevas são para ti a mesma coisa, eis que tu conheces os segredos dos corações dos homens, coisa nenhuma pode ser encoberta de Ti.” Há vestes que os olhos humanos enxergam, mas a roupa da alma só é visível no reino espiritual. Os demônios enxergam se temos autoridade ou não para expulsá-los, mas só o Senhor enxerga os segredos dos corações. Mesmo que vocês esteja rigorosamente vestido com roupas sua carne, pode ser que tua alma esteja nua. Vista sua alma com Jesus Cristo! Num culto público eu jamais estaria com pouca roupa, não é bom expor nossa nudez, mas no particular, só eu e Deus estou vestido para Ele com o Espírito dEle, melhor que os lírios do campo.

...se é que, estando vestidos, não formos achados nus. 2 Corintios 5:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
"Todo aquele que ler estas postagens, se tiver certeza do que afirmo, caminhe lado a lado comigo; quando duvidar, investigue comigo; quando reconhecer que foi seu o erro, venha ter comigo; se o erro for meu, chame minha atenção. Assim haveremos de palmilhar juntos o caminho do conhecimento e da caridade em direção àquele de quem está dito:Eu sou o Alfa e o Ômega."

POSTAGENS MAIS VISITADAS

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

INVISTA MAIS NA SUA SALVAÇÃO

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS

ULTIMA ORDEM DE JESUS IDE I FAZEI DISCÍPULOS
OU VOCE É SÓ UM FREQUENTADOR DE IGREJA?

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

OS BRASILEIROS NÃO APRENDEM

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

DURMA NO MÍNIMO 8 HORAS POR NOITE

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

FRUTA NÃO É CARO, CARO É REMÉDIO!

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

EVITE VÁRIAS DOENÇAS BEBA 8 GARRAFINHAS DE 250ML POR DIA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

SEJA UM DOADOR DE VIDA

NÃO PEQUES MAIS!

NÃO PEQUES MAIS!

VISTA AO NÚ

VISTA AO NÚ

VENDE TUDO E ME SEGUE...

VENDE TUDO E ME SEGUE...

A VEJA É MANIPULADA

A VEJA É MANIPULADA

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4

O SÁBIO PENSA NO DIA DA MORTE ECLESIASTES 7:4